sábado, 24 de fevereiro de 2018

Artur Correia (2)

Muitas foram as outras histórias desenhadas por Artur Correia na Fagulha. Algumas apenas com uma página, outras com várias, numa só revista, ou em continuação, verificando-se ainda, já a partir da segunda metade da década de sessenta , o uso da cor pelo desenhador.

Gulodice desesperada 
 
Lili domadora fagulha
 
O chapéu  na fagulha
 
A propósito da pascoa e dos ovos
 
Um dia de chuva
 
Anne –Lise da montanha
 
Uma duas três casinhas
 
Ninguém mais compreendeu
 
Cabrito maroto
 
Escândalo na água
 
A ida para a guerra
 
O sonho do saltarilho
 
Dom pirilampo brilhante
 

quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018

Artur Correia (1)

Artur Correia nasceu em 20 de Abril de 1932, tendo-se iniciado no desenho quando ainda frequentava a Escola Industrial Machado de Castro, com uma publicação sua na revista O Papagaio.
A sua obra encontra-se espalhada em muitas revistas de banda desenhada publicadas na segunda metade dos século XX e em vários álbuns.
A obra mais antiga de Artur Correia na minha coleção, são algumas pranchas de A seita do cobra verde, publicado na revista Camarada.

Da sua participação na revista Fagulha, uma revista destinada ao público feminino, registo um elevado número de páginas da sua autoria.
Existem mais páginas que poderão ser de Artur Correia, mas que por não estarem assinadas, e eu não as identificar, sem qualquer dúvida, não as cito aqui.
Criou a  personagem Cristina, da qual publicou 4 episódios.
Cristina menina ladina, Fagulha 1 a 18
 
Cristina no circo Fagulha do 25 a 41
 
Cruzeiro em férias Fagulha 61 a  83
 
Um Domingo de sol, Fagulha 369 a 372
 

Zé Besugo, foi outra das personagens por ele criada, onde identifico 3 episódios
As aventuras do Zé Besugo, Fagulha,  84 a 89
 
Novas aventuras do Zé Besugo, Fagulha 133 a  139
 
O mistério das lagostas azuis, Fagulha159 a168
 

 Um rapazinho de aspeto asiático, Atchim, foi outra das suas criações na revista Fagulha
Aventuras de um garotinho chinês, 115 a 127

 
Atchim e o navio fantasma 140 a 158

 
A volta do capitão barbaças,170 a 191
 


As suas personagens na Fagulha eram crianças, dado a publicação ser orientada para o público infantil e adolescente. Duas crianças africanas, Koske e Nankali, fazem uma dupla em duas histórias
O ladrão da mandioca
 
A Arca de Noé  
 

A personagem Clara surgiu em episódios de apenas uma página, e na minha coleção surge por quatro vezes. Fica aqui uma das páginas, publicada no número 132.

 

terça-feira, 20 de fevereiro de 2018

Efeméride : Big Ben Bolt

Faz hoje 68 anos que surgiu pela primeira vez, 20 de fevereiro de 1950, a série Big Ben Bolt.

Vinheta de Big Ben Bolt, desenhada por John Cullen Murphy

segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018

Séries pelo ar (5)

A temática da aviação nas séries de anda desenhada é quase inesgotável. Aqui ficam, por agora,  as últimas referências.

Les tigres volants
Uma série criada por Felix Molinari
Raids sur Rangoom
 
Tonerre sur le Yang Tse
 
Operation Homme de Pekin
 

Le dernier Kamikaze
Também da autoria de Felix Molinari
 
Steve Canyon
Uma série criada por Milton Caniff em 13 de janeiro de 1947





sábado, 17 de fevereiro de 2018

A BD e a guerra: Charley’s war

Charley’s war é uma série inglesa publicada entre 6 de janeiro de 1979 e 4 de outubro de 1986.
Os criadores foram Pat Mills  no argumento e  Joe Colquhoun no desenho.  A série relata o percurso de Charley Bourne, que em 1914, com a idade de 16 anos, inicia a sua participação no conflito bélico. Para conseguir o seu alistamento Charley mente quanto à sua idade.
Baseando-se no contexto real em que decorre a guerra, a série relata como Charley atravessa o canal da mancha e participa em todos os principais eventos do conflito.
Apesar da improbabilidade da personagem principal, o caráter documental da série é muito relevante, com a inserção de vários episódios verídicos.
Feita toda a Grande Guerra  a personagem foi colocada no conflito de 1939-45,  com a substituição do argumentista por Scott Goodall. Por impossibilidade de  Joe Colquhoun continuar a desenhar, a série terminou ainda no relato dos primeiros tempos do conflito.

Ficam aqui pranchas dos dois primeiros álbuns, na edição francesa, e uma página da publicação original na revista Battle Action de 1 de novembro de 1980.


quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018

Séries pelo ar (4)

Mais algumas séries que envolvem a aviação.

Às de Espadas
Uma excelente série com argumento de Ricardo barreiro e desenhos de Juan Gimenez.

Amor e aviões
 
Difícil regresso
 
Missão especial
 
Afundar o Van Ruddel
 

Biggles
Série recriada a partir de um conjunto de romances de aventura e espionagem surgidos a partir de 1932.
A banda desenhada surgiu em 1990. Os primeiros episódios têm argumento e desenhos de Francis Bergése, mas outros autores foram responsáveis por episódios posteriores

Les pirates du Pôle Sud
 
Le bal des Spitfire
 

Le dernier Zeppelin
 
L’epée de Wotan
 
Feu en Provence
 


Lady Spitfire
As aventuras de uma mulher piloto, numa criação de Sebastien Latour no argumento e Maza no desenho.

La fille de l’air
 

Der Henker
 
Une pour tous et tous pour elle
 
Desert air force